"A gente percebe que aquilo é amor quando uma coisinha irrita, desgasta, aflige, incomoda e quase insulta, mas se desaparece ou brinca de esconde-esconde bate uma saudade imensa. Amar é sentir falta do defeito, do avesso, da parte suja, crua, impura."
- Clarissa Corrêa.  (via decretad-a)

(Source: assoprador, via decretad-a)